MEU PRIMEIRO AMOR

VIVER SEM TI

terça-feira, 22 de novembro de 2011

QuaseAnjosNaWeb Capítulo 6





                                                                               Capitulo 6
                                                         O verdadeiro pai de Thiago e Vinicius
                                                                                   Cena |

Já no restaurante Thiago e Mar ficam com ciúmes um do outro:
(Thiago [olhando para Mar]) Então Luciana, o que quer fazer de bom hoje a noite?
(Luciana) Não sei Thiago, você quem sabe.
(Thiago) Vamos rockenrolear?
(Luciana) Claro, como eu ia dispensar um gostosão desses. Que horas?
(Thiago) Se você quiser pode ser depois da comida.
(Luciana) Ok.
Na mesa da Mar e do Christian:
(Mar) Então amorzinho, o que quer fazer hoje à noite?
(Christian) Não sei por que graçinha?
(Mar) Tah afim de rockenrolear?
(Christian) Claro que sim, não dispensaria uma gostosa como você. Mais que horas amor?
(Mar) Pode ser depois da comida. Se você quiser.
(Christian) Ok.
Já na mansão, todos terminam o jantar e vão la ver o que esta acontecendo com Vinicius. No quarto onde Vinicius esta deitado, ele começa a cantar:
Quiero invitarte a conocer
La vida que imagine
Donde no existe el dolor
Y cabe un rio de amor

Nessa hora chega todo mundo, eles abrem a porta e Vinicius senta, e Cielo e Nico sentam do lado dele e cantam:
Si me ayudas a aprender a mirar
Yo te prometo enseñarte a soñar
Quisiera mostrarte el corazon que buscas
Vení conmigo

Vincius:
Quiero invitarte a respirar
Un aire de libertad
Vivamos esta ilucion
Toda la vida de a dos

Jasmin e Tato abraçam ele e cantam:
Se que hay un cuento para
Compartir
Donde se escribe una historia feliz
Quisiera mostrarte lo que quiero decir
Vení conmigo

Eles se juntam e todos cantam:
Para vos este amor
Si me das un mundo mejor
Todos mis sueños te doy,te doy

Para vos este amor
Y yo escribo en tu corazon
La letra de esta cancion
Nuestra cancion


Vinicius termina a musica sozinho:
Quiero invitarte a conocer
La vida que imagine
Donde no existe el dolor
Y cabe un rio de amor

Si me ayudas a aprender a mirar
Yo te prometo enseñarte a soñar
Quisiera mostrarte el corazon que buscas
Vení conmigo

(estribillo)
Para vos este amor
Si me das un mundo mejor
Todos mis sueños te doy,te doy

Para vos este amor
Y yo escribo en tu corazon
La letra de esta cancion
Nuestra cancion

Para vos este amor
Si me das un mundo mejor
Todos mis sueños te doy,te doy

Para vos este amor
Y yo escribo en tu corazon
La letra de esta cancion
Nuestra cancion

                                                                                                 Cena ||
Já no restaurante, Thiago percebe que ele fez algo errado:
(Thiago) Não Luciana.
(Luciana) Não o que meu amor?
(Thiago) Olha, eu só vim aqui pra fazer ciúmes na Mar, e eu encontrei o meu irmão e é a primeira noite dele na casa, e eu tinha prometido que ia sair com ele.
(Luciana [meio triste]) Então você veio pra fazer ciúmes na Mar certo?
(Thiago) Isso.
(Luciana) Isso quer dizer que você não me ama né?
(Thiago [pensando em Mar]) Ai, Mar, como eu te amo.
(Luciana) O que?
(Thiago) Ah, desculpa, o que você me perguntou?
(Luciana) Se você me ama. Mais pelo visto eu acho que não. Veio aqui só pra fazer ciúmes da Mar, e nem era pra ta aqui.
(Thiago) Que isso Lu, eu te amo sim. Mais hoje como você disse, não era pra mim tah aqui. Eu vou embora e ficar com o meu irmão, depois nós falamos.
(Luciana) O que? E a comida no prato? E a conta que você ia pagar?
(Thiago) A comida o garçom tira, e to o dinheiro.
(Luciana) Olha Thiago, eu não sei se vai ter depois conversamos.
(Thiago) Tudo bem Luciana, tchau e beijo!
Thiago beija Luciana. Mar vê a cena dos dois brigando e fala pro Christian:
(Mar) Christian, eu acho que vou embora.
(Christian) Por que graçinha?
(Mar) Estou cansada, na hora em que acabar a comida eu vou.
(Christian) Mais nós não íamos rockenrolear?
(Mar) Deixa pra outro dia.
Já na casa, Vinicius diz que tem um enorme segredo:
(Vinicius) Gente, eu preciso contar uma coisa.
(Zeca) O que é?
(Vinicius) Olha, eu não sei se eu devo contar, por que isso podia ter mudado a minha vida, e se eu contar vocês vão me zuar.
(Caridade) Que isso, aqui ninguém zoa, todos somos amigos.
(Vinicius) Ta bom, vou contar. Eu tenho...
E nisso Thiago chega la no quarto:
(Thiago) Oi galera. Por que estão todos aqui com meu irmão?
(Vinicius) Gente, o papo ta bom mais deu muito calor aqui, acho que vou la fora tomar um ar fresco. Com licença.
Vinicius sai sem falar com Thiago:
(Thiago) O que ele tem?
(Zeca) Ele esta triste por que é a primeira noite dele aqui, e você prometeu que ia sair com ele e saiu com sua “amiga”.
(Tato) Só por isso ele esta triste?
(Zeca) Sim.
(Tefy) Que menino sensível!
(Thiago) Tefy não fala assim do meu irmão. Ele era de rua ta?
(Luca) Iiii Thiago, vai quere manda na minha namorada agora?
(Thiago) Não estou mandando nada, só estou falando para não chingarem meu irmão ou vai se ver comigo.
Thiago sai e vai a procura de Vinicius. Thiago vê Vinicius la fora na fonte:
(Thiago) Vinicius, ei, o que foi?
Vinicius da as costas para Thiago mais Thiago insiste:
(Thiago) Por que não quer falar comigo?
(Vinicius) Por que é minha primeira noite aqui e você disse que ia sair comigo. Passei vergonha na janta, não conhecia ninguém! Nem jantei de raiva.
(Thiago) Olha maninho, me perdoa? Por favor, é que eu tava com ciúmes da Mar e fui no restaurante pra fazer ciúmes nela. Perdoa seu irmão por favor, nunca mais faço isso!
(Vinicius) Tudo bem Thiago.
Os dois se abraçam. Vinicius tenta contar o segredo que queria contar pras pessoas da casa:
(Vinicius) Thiago, eu tenho que contar um segredo.
(Thiago) O que?
(Vinicius) Eu tenho...
E nisso chega Mar e Christian e Thiago olha para eles:
(Mar) Tchau Christian, desculpa eu ter vindo cedo ta?
(Christian) Magina anjinho.
(Mar) Então tah. Beijos.
Mar da beijo em Christian, Thiago vê a cena e fica com ciúmes:
(Thiago) Eu tenho ódio daquele cara.
Vinicius fica triste e abaixa a cabeça.
Thiago vê Vinicius triste:
(Thiago) Desculpa irmão, não faço mais isso.
(Vinicius) Ta bom.
(Thiago) Então o que ia contar?
(Vinicius) Ah nada deixa.
(Thiago) Então, você disse que não jantou. Deve estar com fome né?
(Vinicius) Um pocuo.
(Thiago) Então, vamos num restaurante?
(Vinicius) Mais você já foi em um, e já comeu.
(Thiago) Eu já fui a um restaurante, mais não comi quase nada, estou com um pouco de fome. Topa sair com seu irmão?
(Vinicius) Claro Thiago, vamos. Mais, e seu dinheiro?
(Thiago) Dinheiro não é o problema. Vamos.
Os dois saem e  já na casa:
(Tefy) Eu to curiosa pra saber o que o Vinicius tem.
(Tato) Pra quem chamou ele de sensível né Tefy.
Mar entra no quarto:
(Mar) Caramba, por que estão todos reunidos?
(Caridade) Nós estávamos com o Vinicius, ele estava triste por causa do Thiago.
(Mar) E o que o Thiago fez?
(Jasmin) Ah deu um rolo ai, depois eu te conto. Agora, vem amiga, quero saber como foi o encontro com o namorado.
(Mar) Foi ótimo, mais eu ainda estou apaixonada pelo Thiago.
(Jasmin) Então por que terminou com ele e esta com o Christian?
(Mar) Você Jas.
(Tato) Galera, me desculpe por interromper, mais terça-feira tem o show dos Teen Angels ta?
(Rama) Por que você não disse antes, temos que começar ensaiar amanha. Hoje já é sábado.
(Tato) Eu tinha esquecido foi mal.
(Marcio) Tadinhos, não vão conseguir, nós da Man, temos um show marcado pra segunda, e já estamos ensaiando.
(Caridade) Vocês vai fazer um show e nem me falou Marcinho.
(Marcio) É que eu queria esperar chegar o dia, mais já que tocaram no assunto né.
No restaurante com Thiago e Vinicius:
(Vinicius) Thiago, posso falar o que eu ia falar aquela hora?
(Thiago) Claro que sim.
(Vinicius) Eu tenho poderes.
(Thiago) Ah não brinca irmão, fala serio, o que você ia contar?
(Vinicius) É serio, eu tenho poderes. Depois eu te mostro pra você ver a prova, agora eu não posso por que não quero que ninguém desconhecido saiba.
(Thiago) Caramba, que tipo de poderes você tem?
(Vinicius) Eu posso fazer tudo o que você imaginar. Tudo o que eu quiser eu faço.
(Thiago) Nossa, que nem o João Cruz.
(Vinicius) O que você disse? João Cruz?
(Thiago) Sim por quê? Você conhece?
(Vinicius) Claro, meu mestre me falou dele, e ele me disse que um dia eu ia ter uma luta bem forte com ele.
(Thiago) Seu mestre?
(Vinicius) Sim, eu tinha um mestre que ele treinava eu e a Amanda.
(Thiago) A Amanda tem poderes também?
(Vinicius) Não, mais ela luta caratê.
(Thiago) Ah tah, falando na Amanda, por que você não salvou ela dos sequestradores? Usasse o seu poder.
(Vinicius) Por que eu fiquei paralisado vendo aquela cena, e não conseguir usar os poderes. Nunca vou me esquecer dela.
Vinicius se lembra da cena em que Amanda foi sequestrada. Depois disso eles terminam de jantar e saem do restaurante.


                                                                                         Cena |||
Assim que eles saem do restaurante, eles vão num lugar que não tem muita gente:
(Vinicius) Ok Thiago, já vou fazer o poder.
(Thiago) Ta bom.
Vinicius solta muito poderes e Thiago fica impressionado com o dom do irmão:
(Thiago) Caramba maninho, impressionante!
(Vinicius) Gostou?
(Thiago) Amei, por que será que você tem esse poder?
(Vinicius) Não sei.
João Cruz estava passando ali por perto e se escondeu pra ouvir a conversa deles:
(Thiago) Você vai contar pro pessoal la de casa?
(Vinicius) Eu tava contando hoje ai você apareceu, e não deu pra contar.
(Thiago) Vamos logo, temos que contar pra eles.
(Vinicius) Agora não Thiago, eu não quero que eles saibam que eu tenho poderes por que eles vão querer que eu mostre e eu to com sono. Pode ser amanha de manha?
(Thiago) Tudo bem maninho!
Os dois vão para a casa abraçados, e João Cruz aparece e fala:
(João Cruz) Meus filhos se reencontraram. Fico feliz.
Ao amanhecer, no café da manha, eles contam para todos:
(Thiago) Gente, meu irmão tem uma coisa pra contar.
(Vinicius) Tenho?
(Thiago) Tem, não lembra?
(Vinicius) A sim. Eu tenho poderes.
Mar começa a dar aquela gargalhada alta:
(Mar) A menino me poupa, você tem poderes e eu tenho o poder do amor.
(Thiago) É serio Mar. Quero que vocês vão la fora que o Vinicius vai mostrar.
Todos saem menos o Vinicius:
(Thiago) Ei Vinicius, por que não foi?
(Vinicius) Estou com vergonha. Acho que não vou conseguir.
(Thiago) Vai sim Vi, eu tenho certeza. Vamos.
(Vinicius) Tudo bem.
Os dois vão pra fora. Vinicius solta seu poder e todos ficam impressionados:
(Mar) Caramba, que legal.
(Vinicius) Acredita agora Mar?
(Mar) Sim.
(Cielo) E quando você descobriu que tinha poderes?
(Vinicius) Meu mestre me encontrou na ponte, e ele disse que eu tinha.
(Cielo) E que tipo de poderes você pode fazer?
(Vinicius) Tudo o que eu quiser.
(Cielo) Estou desconfiada de uma coisa...
(Vinicius) Do que Cielo?
(Cielo) Ah, nada não, vem Nico. Preciso falar com você.
(Nico) Ta, vamos ao escritório.
Nico e Cielo vão ao escritório. Na conversa deles:
(Nico) O que foi Cielo? O que esta desconfiada?
(Cielo) Eu to achando que o Thiago e o Vinicius são filhos do João Cruz.
Thiago ouvindo a conversa, entra no escritório nervoso:
(Thiago) O que você disse Cielo? Eu e meu irmão filhos do João Cruz?
(Cielo) É… Acha Thiago, se deve estar ouvindo coisas.
(Thiago) Sim Cielo, muitas coisas, e uma delas que eu sou filho do João Cruz. É verdade isso?
(Nico) Ainda não sabemos Thiago, a Cielo só esta desconfiada, por que seu irmão tem poderes, e João Cruz também tem. Pode ser uma possibilidade.
Vinicius chega e fica ouvindo a conversa atrás da porta:
(Thiago) Ah tah, Deus me livre deu e meu irmão ser filho daquele cafajeste.
Vinicius cansado já de ouvir atrás da porta entra e resolve entra na conversa:
(Vinicius) O que Thiago. Já sabem que é nosso pai?
(Thiago) Não… Eles ACHAM que nós somos filho do João Cruz. Sabe, aquele que eu te falei ontem.
(Vinicius) Eu sei quem é João Cruz. Meu mestre me disse que ele já tentou entra no meu corpo mais não conseguiu por causa dos meus poderes. Mais e ai, nosso pai não era o Barto?
(Thiago) Também achava que era. Então, ele é nosso pai adotivo.
(Vinicius) Cielo, como fazemos para saber se nós somos ou não filho do João Cruz?
(Cielo) Boa pergunta...
Chegando na noite, Vinicius resolve dar uma volta antes do jantar:
(Vinicius) Thiago eu vou dar uma volta.
(Thiago) Mais sozinho uma hora dessa?
(Zeca) Eu vou com você.
(Vinicius) Não Zeca. Eu quero ir sozinho, me desculpe. Ah Thiago, eu sei me cuidar, tenho poderes lembra?
(Thiago) Mais você não pode mostra pra todo mundo lembra?
(Vinicius) Ta mais eu não vou mostrar pra todos. Só se for necessitado tipo, um bandido, sequestrador essas coisas.
(Thiago) Ta bom, ah, lembra que eu disse que eu tenho uma banda?
(Vinicius) Lembro sim por quê?
(Thiago) É por que eu vou fazer show, não sei quando. Quando eu souber, eu te falo.
(Vinicius) Legal irmão. Agora eu estou saindo. Tchau.
Vinicius sai. Depois de meia hora andando, ele passa pela ponte em que Amanda foi sequestrada. Ele fica parado lembrando da cena, e derrepente ele ouve um barulho de folhas:
(Vinicius) Quem esta ai?
Ai aparece uma menina. Sabem quem era essa menina?:
(Vinicius) Amanda? É você?
(Amanda) Vinicius? É você mesmo?
Os dois vão correndo um pro outro e se beijam:
(Vinicius) Caramba, pensei que nunca mais ia te encontrar.
(Amanda) Eu também pensei que nunca mais ia te encontrar. Ficava pensando o tempo todo em você. Te amo.
(Vinicius) Eu também ficava pensando o tempo todo em você. Te amo.
Os dois se beijam novamente, ai depois do beijo Vinicius fala:
(Vinicius) Vem, vamos la na minha casa tomar...
(Amanda) O que? Agora você tem casa?
(Vinicius) Sim. Lembra daquele irmão que eu falei que eu tinha?
(Amanda) Lembro. Não acredito que…
(Vinicius) Sim, nós nos reencontramos.
(Amanda) Que legal amor. Fico feliz por você. Posso te chamar de amor?
(Vinicius) Claro, nós somos namorados. Somos?
(Amanda) Ah se você quiser nós somos.
(Vinicius) Então somos. Vem, vamos ate a minha casa.
(Amanda) Ok. Mais acho que eles não vão gostar de mim.
(Vinicius) Vai sim. La eles são amigos, quando eu reencontrei meu irmão, eu também disse isso pra ele, mais eu me enganei. La é um orfanato ta?
(Amanda) Ok.


                                                                                Cena |V
Os dois vão para a casa abrasados. Já na casa, Thiago fica preocupado:
(Thiago) Nossa, estou ficando preocupado com meu irmão.
(Zeca) Calma, ele já vai chegar.
Nisso chega Vinicius e Amanda. Eles vão para a cozinha onde esta todo mundo:
(Vinicius) Oi gente.
(Thiago) Onde você estava menino? Estava preocupado. Quem é essa ai?
(Vinicius) Ah, lembram daquela menina que eu falei que morava comigo na ponte. Então, ela é a Amanda.
(Thiago) Nossa, fico feliz por você.
(Vinicius) Valeu. Ah Thiago, nós vamos jantar fora. Pode?
(Amanda) Vamos?
(Thiago) Claro que sim maninho.
(Vinicius) Obrigado Thiago. Eu e a Amanda vamos la em cima pra ela tomar um banho.
(Amanda) Mais eu não tenho roupa.
(Vinicius) Isso não é problema. Agente vai no porão e vê se tem alguma que te serve, ai depois da janta eu compro pra você.
(Amanda) Ah ta. Obrigada.
(Vinicius) Ah tinha me esquecido. Ela pode ficar aqui Cielo?
(Cielo) Claro que pode.
(Vinicius) Obrigado. Vem Amanda, vamos la pra cima.
Os dois vão para o banheiro. Na cozinha:
(Thiago) Fico feliz pelo meu irmão.
Amanda termina o banho, eles vão para o porão procurar roupa e eles acham. Ai eles saem. Já no restaurante com Vinicius e Amanda:
(Vinicius) O que você vai querer Amanda?
(Amanda) Não sei. Deixa-me ver algo barato.
(Vinicius) Acha amor, pode pedir o que te der na teia.
(Amanda) Obrigada.
Amanda faz seu pedido, os dois acabam de jantar. Na rua os dois andando:
(Vinicius) Achei que nunca mais ia te ver.
(Amanda) Eu também achei isso meu amor.
(Vinicius) Sabe, eu me lembro da cena em que aqueles bandidos estavam te sequestrando.
(Amanda) É. Amor, por que você não usou seus poderes naqueles bandidos?
(Vinicius) Por que eu fiquei paralisado e hipnotizado e não deu pra fazer nada. Me perdoa? Por favor.
(Amanda) Magina amor. Eu te amo.
(Vinicius) Também te amo.
Os dois se beijam. No meio do beijo sabem quem chega? João Cruz:
(Vinicius) Quem é você?
(João Cruz) Não lembra de mim?
Vinicius lembra da cena em que João Cruz tentou entrar em seu corpo:
(Vinicius) Amanda corre.
(Amanda) Por que meu amor?
(João Cruz) A que bom filho. Já esta namorando?
(Vinicius) Do que você me chamou?
(João Cruz) Isso mesmo. De filho.
(Vinicius) A sai daqui seu malvado.
Vinicius pega no braço de Amanda e os dois vão para a casa voando. Chegando na casa, Vinicius fica estranho:
(Thiago) O que foi Vinicius? Por que esta desse jeito?
(Vinicius) Nada não maninho.
(Thiago) Fala o que aconteceu?
(Vinicius) A Cielo estava certa Thiago.
(Thiago) Sobre?
(Vinicius) Sobre nós sermos filhos do João Cruz.
(Thiago) E como você sabe disso?
(Vinicius) Eu e a Amanda estávamos andando, e o João Cruz apareceu, ele disse que nós éramos filho dele.
(Thiago) Ah, e você vai acreditar naquele mentiroso? Ele é do mal Vinicius.
(Vinicius) Eu sei Thiago. Mais ele parecia tão mudado.
(Thiago) Ah, eu não acredito.
(Vinicius) Tudo bem então. Vem Amanda, vou lhe mostrar a casa.
(Amanda) Ok.
Vinicius mostra a casa para Amanda. Ao amanhecer...


Continua...

Autor:Daniel Augusto Pivaro

Um comentário:

cσмєŋтα? đєίχєм ѕєυѕ cσмєŋтárίσѕ ѕσвrє α ρσѕтαgєм αcίмα, єļє é мυίтσ ίмρσrтαŋтє ραrα ѕαвєrмσѕ ѕє σ вļσg є ѕєυѕ cσŋтєúđσѕ єѕтãσ αgrαđαŋđσ, мαίѕ ļємвrє-ѕє qυє ρєѕѕσαѕ đє тσđαѕ αѕ ίđαđєѕ тєм αcєѕѕσ α єļє, ίŋcļυѕίνє crίαŋçαѕ, єŋтãσ ρσr ƒανσr ŋãσ ρσѕтαr αqυί, ραļανrõєѕ, χίŋgαмєŋтσѕ συ ραļανrαѕ σƒєŋѕίναѕ, đєѕđє נá αgrαđєçσ!

qυαѕє αŋנσѕ/тєєŋ αŋgєļѕ | "σŋđє σѕ αŋנσѕ ѕє cσŋєcтαм".